ATENÇÃO!

REABERTURA DAS INSCRIÇÕES PARA O ACESSO AOS CONTEÚDOS DA PRIMEIRA JORNADA NACIONAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL, GRAVADOS NA ÍNTEGRA.

As vagas para o acesso às transmissões ao vivo da Primeira Jornada Nacional de Educação Infantil se esgotaram no dia 18/09/2020. Porém, devido a muitos interessados que não conseguiram fazer sua inscrição, decidimos reabrir as inscrições por tempo limitado (serão apenas alguns dias!).

SE INSCREVENDO, VOCÊ VAI...

- Acessar todas as palestras que aconteceram ao vivo, já que elas serão gravadas. Lembrando que o período de disponibilização desse conteúdo (palestras gravadas), para todos os inscritos é de 15 dias após o evento.

- Acessar toda a programação paralela que inclui trabalhos, relatos de experiência de professores e instituições, vídeos e textos. Lembrando que esse acesso para todos os inscritos é de 30 dias após o evento.

- O seu certificado será de 40 horas e será emitido automaticamente pelo sistema da plataforma após a visualização de 80% dos conteúdos da Jornada.

- O valor da inscrição é R$170,00 (podendo ser parcelado em até 4x sem acréscimo).

Se você não conseguiu se inscrever anteriormente e deseja participar – fique atento ao prazo de inscrições, pois será breve: de 22/09 a 29/09/2020.

PRIMEIRA JORNADA NACIONAL DE EDUCAÇÃO INFANTIL

Temática: Infâncias na escola: A escuta das crianças e a educação da sensibilidade. Diálogos sobre cotidiano, protagonismo e linguagens.

PALESTRAS GRAVADAS

🔸 A poética da infância e a educação da sensibilidade: no chão e no céu da escola.

🔸 Ministrantes: Katia Tavares e Severino Antônio (São Paulo - Brasil)

 

🔸 A vez e a voz das crianças: escutas poéticas e antropológicas das infâncias.

🔸 Ministrante: Adriana Friedmann (São Paulo - Brasil)

 

🔸 A documentação pedagógica: ferramenta de trabalho e reflexão.

🔸Ministrantes: Alejandra Dubovik e Alejandra Cippitelli - Diretoras e fundadoras do Jardim Fabulinus (Argentina)

 

🔸 A relação com a natureza e a educação infantil.

🔸 Ministrante: Ana Carol Thomé  (São Paulo - Brasil)

 

🔸 A investigação das crianças e dos professores na educação infantil.

🔸 Ministrante: Paulo Fochi (Rio Grande do Sul - Brasil)

 

🔸 Protagonismo das crianças como projeto pedagógico da educação infantil.

🔸 Ministrante: Queila Almeida Vasconcelos (Rio Grande do Sul - Brasil)

 

🔸 Ser meninos e meninas em tempos de coronavírus.

🔸 Ministrante: Francesco Tonucci (Roma - Itália).

 

ORIENTAÇÕES IMPORTANTES! 

 

👉🏼 CADASTRO DE MATRÍCULA E ACESSO AO CURSO: Se você já fez algum curso aqui na plataforma da Vincular, já possui uma conta conosco. Nesse caso, ao fazer sua matrícula, não preencha um novo cadastro, e sim, entre com os dados de sua conta já existente (e-mail e senha). Mesmo assim, após logar-se, confira seus dados, especialmente o nome, para fins de certificado. Se este for seu primeiro curso na plataforma da Vincular, faça o seu cadastro com atenção para poder criar a sua conta, com a qual fará seu login para poder ter acesso ao conteúdo do evento.

 

👉🏼 CONFIRMAÇÃO DO PAGAMENTO E ACESSO AO CURSO: O acesso ao curso no ambiente virtual de aprendizagem ocorre após a confirmação do pagamento pela empresa que processa os dados financeiros e checa a segurança desses dados. No caso do pagamento por boleto bancário a liberação do acesso acontece em até três dias úteis. 

 

👉🏼 CERTIFICADO: No momento de sua matrícula preencha seu nome e sobrenome com atenção (e confira!), pois o certificado será emitido automaticamente com os dados que você informar no seu cadastro. Após integralizar 80% do conteúdo do evento, seu certificado será gerado automaticamente pelo sistema e aparecerá no seu ambiente de aluno no menu "Meus Certificados". Aí é só imprimi-lo ou salvá-lo em seu computador ou dispositivo.

 

👉🏼 PERÍODO DE DISPONIBILIDADE DO CURSO: O conteúdo deste evento ficará disponível até o dia 31/10/2020. Durante esse período você poderá escolher os dias e horários que mais se adequarem à sua rotina e terá acesso ilimitado, ou seja, vai poder assistir aos vídeos quantas vezes quiser.

 

Conteúdo do curso


R$ 170,00
Sobre os Instrutores
Severino Antônio e Kátia Tavares

Severino Antônio e Kátia Tavares

Severino Antônio 

Doutor em Educação pela Universidade Estadual de Campinas (1995). Foi professor doutor do Mestrado em Educação do Centro Universitário Salesiano de São Paulo - Unisal - atuando principalmente com os seguintes temas: educação, linguagem, poesia, utopia. Orientou mais de 70 Dissertações de Mestrado. Participou de centenas de bancas de Mestrado e Doutorado. Palestrante e autor de diversas obras, como "Uma nova escuta poética da educação e do conhecimento" (Paulus); "A Matéria Amada" (Penalux); Ruth Guimarães - uma voz de muitas vozes (Penalux); Nascentes ( Penalux); a coleção Crescer em Paz: "A Varinha Mágica"(Adonis), "A Saga do siri sob as estrelas"(Adonis), "O Quase" com Katia Tavares(Adonis) e "Cenas de Infância"(Adonis); "A utopia da palavra" (Adonis, 2ª ed., ampliada); "Constelações-uma escuta poética da infância" (Adonis); "Uma pedagogia poética para as crianças" com Katia Tavares(Adonis); "Poetizar o pedagógico" (Biscalchin) ; "Novas Palavras"(FTD, 2ª ed. , aprovado no PNLEM - MEC); "A menina que aprendeu a ler nas lápides"( Biscalchin) ; "O visível e o invisível" (Verus); "Escrever é desvendar o mundo" (21ª edição, Papirus);"A Irmandade de todas as coisas - diálogo sobre Ética e Educação"(Ed. Diálogos do Ser); "Educação e Transdisciplinaridade" (Lucerna). Conselheiro do Instituto ALANA, no projeto "Prioridade Absoluta- a criança em primeiro lugar". Participou do documentário"O Começo da Vida", e da série de mesmo nome, dirigido por Estela Renner e produzido pela Maria Farinha Filmes(2016). Participou da 'Brazil Conference at Harvard & MIT' , em 2017, com palestra sobre o futuro da Educação no Brasil. Participou da FLIP (2017) na mesa em homenagem à escritora Ruth Guimarães.

Kátia Tavares

Mestre em Educação, professora, palestrante, psicopedagoga, aconselhadora biográfica, escritora. A educação - formal ou não - é essência e essencial no seu dia a dia. Katia compreende e enxerga as pessoas, vendo-as com os olhos d’alma. Dialoga serenamente, acolhendo e promovendo sensível interlocução com o mundo.

 

Adriana Friedmann

Adriana Friedmann

Doutora em Antropologia pela PUC SP - Mestre em Metodologia do Ensino pela Faculdade de Educação da UNICAMP (1990) - Graduada em PEDAGOGIA pela Faculdade de Educação da USP (1983). Pesquisadora na área da Infância. Criadora e coordenadora do NEPSID - Núcleo de Estudos e Pesquisas em SImbolismo, Infância e Desenvolvimento. Criadora e coordenadora da Comunidade de Aprendizagem Colaborativa Mapa da Infância Brasileira. Criadora, coordenadora e docente do Curso de Pós Graduação Lato Sensu 'A vez e a voz das crianças: a arte de escutar e conhecer narrativas, linguagens e culturas infantis' na FACON (Faculdade de Conchas) pólo 'A Casa Tombada'. Criadora e docente do Curso de Pós Graduação Crianças de zero a três anos: formação de profissionais para as Infâncias no Brasil no Instituto Singularidades. Criadora do curso de Pós Graduação em Educação Lúdica no Instituto Superior de Educação Vera Cruz. Docente e orientadora de cursos de pós graduação. Co-fundadora e membro do Conselho Consultivo da ALIANÇA PELA INFÂNCIA. Conselheira do Projeto Primeira Infância no estado do Amazonas, do Prêmio Criança da Fundação Abrinq, do Território do Brincar, do projeto Escolas Transformadoras, da Juntos com você , da Revista Veras. Membro da Rede Nacional Primeira Infância, da rede Criança e Consumo. Avaliadora Ad Hoc da Revista e-Curriculum. Palestrante e consultora em inúmeras instituições nas áreas de: infância, brincar, educação infantil, linguagens simbólicas, expressão e auto-desenvolvimento de educadores, cultura de paz. Autora de vários livros e artigos nestas áreas, dentre eles: “Quem está na escuta”, “Linguagens e culturas infantis”, “História do percurso da Sociologia e da Antropologia da Infância”, “O olhar antropológico por dentro da infância”, “O desenvolvimento da criança através do brincar” e “A arte de brincar”.

Alejandra Dubuvik e Alejandra Cipittelli

Alejandra Dubuvik e Alejandra Cipittelli

Alejandra Dubuvik e Alejandra Cipittelli são educadoras especialistas na educação da primeira infância e diretoras da escola Fabulinus, localizada na região de Tigre, na Argentina, que têm, na prática educativa de Reggio Emilia, na Itália, a inspiração para projetos educativos inovadores. A Escola Fabulinus faz parte de roteiro internacional de Centros de Formação de educadores.

Ana Carol Thomé

Ana Carol Thomé

Pedagoga, especialista em Educação Lúdica e Psicomotricidade. Idealizou e coordena o programa Ser Criança é Natural do Instituto Romã, desde 2013. Colaboradora do “Conexão Planeta”. Trabalhou em Escolas da Floresta no Reino Unido, e pesquisa iniciativas que relacionem Educação e Natureza pelo mundo. Estuda a abordagem Pikler, e desenvolvimento infantil. Professora por profissão, educadora de coração, brincante desde o nascimento. Acredita no poder da infância e que o mundo pode ser melhor.

Paulo Fochi

Paulo Fochi

Doutor em Educação na linha de Didática e Formação de Professores (USP) com estágio doutoral na Universidade de Barcelona (Espanha) sob supervisão da professora Teresa Godall Castell, Mestre em Educação na linha Estudos sobre Infância (UFRGS) com estágio no exterior no exterior na Universidad Publica de Navarra (Espanha) com supervisão do professor Alfredo Hoyuelos, Especialista em Educação Infantil (Unisinos), Especialista em Gestão e Organização de Escola (Unopar) e Pedagogo (Unopar). Professor do curso de Pedagogia (Unisinos) e Coordenador e professor do curso de especialização em Educação Infantil (Unisinos). Coordenador do Observatório da Cultura Infantil - OBECI. Pesquisador colaborador do Contextos Integrados em Educação Infantil (USP/ CNPq). Membro da Associação Criança (Braga, Portugal). Foi um dos quatro consultores para a elaboração da Base Nacional Comum Curricular para a Educação Infantil (MEC). Membro dos Special Interest Group (SIG) Birth to Three e Participatory Pedagogy and Praxeological Research (Europen Early Childhood Education Research Association - EECERA). Atua no assessoramento da Ateliê Carambola (SP) além de Redes Municipais de Ensino, Escolas Infantis e produções culturais e artísticas para crianças. Já atuou em diversos trabalhos com o Ministério da Educação e atualmente está elaborando orientações a respeito da Documentação Pedagógica. É colunista do Portal Lunetas e autor do blog Catadores da Cultura Infantil e tem publicado especificamente no campo da Pedagogia da Infância, Educação Infantil, Bebês, Documentação Pedagógica e Formação de Professores.

Queila Almeida Vasconcelos

Queila Almeida Vasconcelos

Pedagoga pela Fundação Universidade do Rio Grande (FURG). Mestre e Doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS) na linha de pesquisa Estudos sobre Infâncias, onde é pesquisadora do Grupo de Pesquisa em Linguagens, Currículo e Cotidiano de bebês e crianças pequenas (CLIQUE). Professora convidada dos cursos de Especialização em Educação Infantil da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (UNISINOS) – RS e da Universidade Comunitária da Região de Chapecó (UNOCHAPECÓ) - SC. Assessora Pedagógica do Programa A União Faz a Vida. Assessora Pedagógica do Programa A União Faz a Vida. Representante da Central Sicredi Sul Sudeste. Assessora Pedagógica da Cotidiana Escola de Educação Infantil em Porto Alegre – RS. Coordenadora do Atelier de Coordenação Pedagógica na Educação Infantil e do Atelier de Educação Infantil: Participação e Protagonismo das crianças. Foi Professora e Coordenadora Pedagógica na Educação Infantil e professora substituta da área de Educação Infantil no Departamento de Estudos Especializados da Faculdade de Educação da UFRGS.

Francesco Tonucci

Francesco Tonucci

Francesco Tonucci, também conhecido como Frato, é psicopedagogo e chargista. Foi pesquisador do Instituto Psicológico do Conselho Nacional de Pesquisa da Itália, e mais tarde diretor do departamento de psicopedagogia. Criador do projeto “A cidade das crianças” (La città dei bambini), iniciado em 1991, Tonucci é conhecido mundialmente por defender a importância das crianças na organização e na vida das cidades. Hoje, é uma das vozes mais ativas e influentes do mundo no que diz respeito à participação social da infância na discussão pública sobre o futuro das cidades. Autor de diversas obras mundialmente conhecidas, entre suas publicações estão os livros "Quando as crianças dizem: Basta!", "Frato: 40 anos com os olhos de uma criança", "Com os olhos de um avô", "Danger, crianças: notas de educação, 1994-2007" e "Com os olhos de uma garota".